Performance Empresarial

Desperdício de tempo e dinheiro? Saiba como resolver

Desperdício de tempo e dinheiro - saiba como resolver

Tempo de leitura: 8min54seg.

Se preferir ouça:

Desperdício é uma doença que deve ser tratada o mais rápido possível afim de garantir não só a saúde financeira de qualquer negócio, como também garantir a motivação, a lucratividade e o crescimento pessoal, profissional ou mesmo empresarial.

Dizem por aí que para um bom entendedor meia palavra basta, mas não custa nada reiterar que desperdício está ligado diretamente ao não aproveitamento das coisas, do tempo, do dinheiro e até das pessoas como deveriam.

Desperdícios relacionados a dinheiro como: despesas exageradas; gastos excessivos; compras mal realizadas ou sem objetivo definido fazem parte do dia a dia de muita gente e porque não de muitas organizações, sejam elas pequenas, médias ou grandes. Quer um exemplo prático? Ao terminar de ler este artigo dê uma volta pela sua área de trabalho ou pela empresa; ou ainda caso você esteja em home office, circule pela casa; perceba quantas das coisas que você tem ou que a sua empresa investiu, estão sendo efetivamente usadas para algum fim, ou seja: entregando algum benefício concreto neste momento.

Mas não é só desperdício de dinheiro que deve ser considerado quando o assunto é desperdício: o tempo é um bem tão valioso quanto qualquer moeda ou bem adquirido. Tem uma frase que nosso coach, Rogério Oliveira gosta muito e quer compartilhar com você: “desperdiçar o tempo é uma forma lenta de suicídio”.

Mas por que suicídio você deve estar se perguntando?

Suicídio em “português puro” significa “tirar a própria vida” e é exatamente isso que fazemos quando desperdiçamos tempo.

Para a grande maioria das pessoas o tempo vai passar e junto com esta passagem vamos colher o bônus e o ônus. Naturalmente o bônus serão as conquistas, mas e o ônus? Se você tivesse uma idade adiantada agora (defina qual é esse número para você) o que a sua imagem no espelho estaria lhe perguntando sobre como você investiu seu tempo até aqui: você conseguiu? Você tentou? Ou você simplesmente viu o mundo passar?

Difícil? Não! Quanto mais tempo demoramos para aceitar nossa condição, mais tempo demoramos para mudar o jogo. O simples fato de aceitar rápido uma determinada situação nos faz (mesmo a contra gosto) ganhar tempo e liberar nossa mente para que sejamos mais produtivos.

No entanto ter apenas uma mente liberta não fará você, ou qualquer outra pessoa a evitar desperdício de tempo.

Ao invés de evitar desperdício de tempo, o desperdício de dinheiro ou qualquer outro, deveríamos focar nossa mente, nosso trabalho, nossos objetivos para economizar, poupar, racionar, aproveitar, aplicar, ganhar ou conquistar. E para isso são necessárias algumas mudanças, seja em nossa vida pessoal, profissional ou empresarial, como por exemplo:

  • Ter metas claras, específicas, reais, realizáveis e que gerem resultados positivos: As metas sejam elas de curto, médio e longo prazos nos fazem manter o foco na conquista;
  • Criar uma estratégia: apenas metas não farão você ou qualquer outra pessoa a chegar lá. É necessário ter um plano executável com prazos bem definidos, mas não é só!
  • Tão importante quanto metas e estratégia é crucial alocar as pessoas certas para as tarefas certas, e o inverso disso é muito comum: quantas vezes você já viu alguém fazendo algo que não tem nada haver com seu potencial? Você pode até se perguntar: Mas eu sou o único aqui? Ok, então antes de sair fazendo, invista o tempo em aprender, colher informações, conversar com quem já fez ou porque não “apadrinhar” um “anjo” (alguém com um pouco mais de experiência do que a sua) que pode nutri-lo com informações para que você possa tomar se não a melhor decisão, pelo menos a mais acertada segundo o seu ponto de vista.
  • Ter indicadores: definições como “bom”, “mais ou menos”, “excelente”, ou “ruim” devem ser simplesmente cortadas do vocabulário de qualquer pessoa, profissional, empreendedor, empresário ou empresa que se prese. Essas definições devem ser substituídas por indicadores que mostram de forma numérica qual o seu desempenho, o desempenho da equipe ou da própria empresa ou negócio. Quer exemplos? Vamos lá:
  1. Imagine que sua empresa precise faturar R$100? O que é excelente, bom, regular ou ruim? Depende de quem olha. Provavelmente o colaborador que se matou de trabalhar mesmo que seja para entregar apenas R$1 talvez considere excelente, mas o empresário que precisa de R$100 vai achar horrível.
  2. Outro exemplo: você passa pela empresa e vê seu colaborador lá “passeando” pela internet e pensa consigo mesmo: o que esse cara está fazendo? Será que ele não sabe o
  3. quanto a empresa precisa dele? Possivelmente não, porque ele não tem um indicador real do que precisa entregar por hora, dia, semana, mês, trimestre e por aí vai.
16 formas de resolver a falta de foco no trabalho – assista agora

Triste? Talvez sim; talvez não. Tão importante quanto aceitar a situação (lembre-se: quanto mais cedo você aceita, mais cedo você libera a sua mente para produzir) é entender e reagir ao momento, mas atenção: invista mais tempo em “entender” do que em “reagir”. “Pedir” para o colaborador fazer qualquer outra coisa pode ser tão desmotivante e gerar tão desperdício do que mantê-lo na frente do computador. Jogue uma pedra quem na posição de cliente em uma loja qualquer, já não ouviu funcionários reclamando do líder, da empresa, dos membros da própria equipe enquanto esperava.

Por fim, para evitar o desperdício de tempo, o desperdício de dinheiro ou qualquer outra coisa não basta ser eficaz, muito menos eficiente; é necessário ser efetivo, produzindo efeitos reais, respeitando prazos, gastando o mínimo possível e utilizando da melhor maneira os recursos já existentes.

Como o coaching pode lhe ajudar a reverter desperdícios com tempo e dinheiro?

O Coaching é um processo estruturado onde o cliente e profissional tem por objetivos estabelecer metas reais, específicas, mensuráveis e positivas baseadas em um desejo ou necessidade (como por exemplo: o desperdício do tempo ou dinheiro) ajudando o participante a avaliar seu meio ambiente e impacto que essa meta terá ao ser atingida antes mesmo de começar.

O Coaching também ajuda no processo de levantamento e decisão das principais ações e em que ordem devem ser seguidas, o que chamamos de submetas ou “tarefas de caminho” que levaram ao grande destino que é a meta alcançada.

A MegaPlay Coaching ajuda pessoas, profissionais, empresários e empresas de pequeno, médio e grande portes a serem mais efetivos com sua gestão do tempo através do Coaching Executivo, Coaching de Equipes e Coaching Empresarial, colaborando na construção de metas reais, planos realizáveis e objetivos que respeitam a situação de cada cliente; fazendo com que os envolvidos caminhem para frente, mantendo o foco no que é mais importante: a realização dos seus objetivos.


Conteúdo Relacionado:

E-book – Como potencializar seus resultados e atingir seus objetivos – baixe grátis 
Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

About Rogério Oliveira

Coach Executivo e de Vida Internacional certificado pela Illuminata/ICC (International Coaching Community). Practitioner em PNL Sistêmica certificado pela Illuminata/Lambent do Brasil. Sócio-diretor da Megaplay Coaching. Empreteco (SEBRAE/SP) e empresário, atuando há mais de 20 anos como empresário, gestor e líder.
View all posts by Rogério Oliveira →