Performance Empresarial

Tudo o que você precisa saber sobre como melhorar a tomada de decisão

Tudo o que você precisa saber sobre como melhorar a tomada de decisão

Tempo de leitura: 6min44seg.

Se preferir ouça:

A tomada de decisão pode ser definida como o processo de decidir sobre algo importante, principalmente em um grupo de pessoas ou uma empresa seja lá qual for o seu tamanho.

A tomada de decisão exige muito de todos os envolvidos não importando seu cargo na empresa.

O objetivo de tomar uma decisão, seja ela qual for, é de determinar o caminho a ser seguido e uma vez decidido todos os envolvidos devem ou pelo menos deveriam seguir àquela decisão, porém alguns erros podem impactar muito o resultado por melhor que seja a intenção. Conheça alguns deles e previna-se para que suas decisões sejam cada vez melhores:

  1. Não analisar de forma ordenada sua decisão: o que iremos ganhar? O que iremos perder? Quem será impactado e por aí vai. É sempre importante fazer uma lista e pontuar qual o impacto da decisão antes de tomá-la.
  2. Acreditar na intuição: quantas decisões tomamos baseadas apenas em nossas intuições? Quantas vezes falamos ou ouvimos: vai dar certo; ou: vai dar errado; sem levar em consideração dados e fatos?
  3. Avaliar o impacto da decisão: como já apontamos: quem vai ganhar e quem vai perder com esta decisão? O que será impactado e o que não será? São perguntas importantes e que devem ser respondidas com antecedência.
  4. “Acreditar” apenas nas pessoas de sua confiança desconsiderando as pessoas chave, ou seja, aquelas que realmente irão se beneficiar ou não daquela decisão;
  5. “Copiar” decisões de terceiros: muitas vezes acreditamos que se deu certo com Fulano vai dar com Ciclano, o que é um grande erro pois cada pessoa, produto, produção, negócio, mercado ou segmento de clientes apenas para citar alguns, tem características diferentes e que devem ser levados em consideração quando o assunto é tomada de decisão.
  6. Deixar para depois: muitas vezes temos que tomar decisões que inicialmente serão dolorosas, mas que poderão gerar na frente resultados positivos, porém nem todos entendem ou aceitam a decisão e esse confronto acaba deixando a decisão que é importante para “algum melhor dia”;
  7. Falta de comunicação e treinamento: muitas vezes as decisões são tomadas e naturalmente é que a partir da decisão, como em um passe mágico, tudo se transforme, afinal agora já se tem uma decisão, o que é um grande engano. Falhas de comunicação e interpretação; problemas para seguir o que se solicita com a decisão fazem com que muitas das “boas” decisões se tornem grandes fracassos; afinal quantas vezes você já ouviu: “ahhh se eu pudesse voltar atrás” e por aí vai.
  8. Não assumir a responsabilidade pela decisão e pelas consequências dela: se deu certo amém; se deu errado muito bem, vamos caçar as “bruxas”. Até para que a decisão se cumpra e a comunicação flua melhor entre todos os envolvidos não só o responsável deve ser identificado como a equipe que lhe ajudou a tomar a decisão, afim de garantir a credibilidade entre as outras pessoas que não participaram.
Check-list – 11 perguntas matadoras que você deve responder antes de tomar suas decisões – baixe grátis agora

Basicamente existem 5 tipos de tomada de decisão:

  1. A decisão intuitiva, que é a mais simples, muitas vezes envolvida com o sentimento de confiança que a decisão irá dar certo;
  2. A decisão racional onde aplica-se o processo lógico para decidir qual é a melhor opção;
  3. Decisões baseadas em valores onde se leva em consideração a bagagem e a experiência sobre determinado assunto ou questão;
  4. A decisão colaborativa onde há a participação de um grupo;
  5. Decisões baseadas em especialistas, formada muitas vezes por pessoas que entendem de um determinado assunto.

Você deve estar se perguntando: qual é o melhor tipo? A melhor resposta talvez seja: depende. Já pensou como o mundo seria chato se todas nossas decisões fossem racionais ou dependessem de especialistas por exemplo? Porém antes de “decidir” em “decidir” é importante ter bem claro qual é a decisão a ser tomada e o impacto desta decisão antes de a tomarmos de fato.

Como o coaching pode lhe ajudar a melhorar suas tomadas de decisão?

O Coaching é um processo estruturado onde o cliente e profissional tem por objetivos estabelecer metas reais, específicas, mensuráveis e positivas baseadas em um desejo ou necessidade (como por exemplo: tomadas de decisão) ajudando o participante a avaliar seu meio ambiente e impacto que essa meta terá ao ser atingida antes mesmo de começar através de um planejamento consistente.

[BAIXE GRÁTIS] – eBook: O Guia Completo para melhorar seu planejamento 

O Coaching também ajuda no processo de levantamento das principais ações através de um planejamento sistemático  que o ajudará chegar a sua meta.

Aprenda a definir metas claras específicas e reais; avalie seu meio ambiente; compreenda a importância da comunicação e quando comemorar suas conquistas. Clica aqui para baixar grátis.

Tagged , , , , , , , , , , , ,

About Rogério Oliveira

Coach Executivo e de Vida Internacional certificado pela Illuminata/ICC (International Coaching Community). Practitioner em PNL Sistêmica certificado pela Illuminata/Lambent do Brasil. Sócio-diretor da Megaplay Coaching. Empreteco (SEBRAE/SP) e empresário, atuando há mais de 20 anos como empresário, gestor e líder.
View all posts by Rogério Oliveira →